Ideias para atividades sensoriais

Texto de Fátima Eusébio, Terapeuta Ocupacional

Falamos em atividades sensoriais quando elas estimulam os nossos sentidos. A verdade é que qualquer atividade ou qualquer ação humana estimula os sentidos, a partir do momento em que falamos, surgimos no campo visual da pessoa ou trazemos connosco um perfume característico.

Mas há atividades que apelam mais aos sentidos do que outras. E que bem faz ao nosso corpo receber informação através dos nossos sentidos.

Deixo alguns exemplos de diferentes formas de estimular os sentidos, para poderem fazer nos vossos locais de trabalho, com os vossos familiares ou até sozinhos. Adaptem de acordo com as vossas necessidades.

Massas para amassar/moldar:

  • massas de pão (fazendo variações de farinhas, usando farinhas de grãos que confiram uma textura mais pegajosa, como a farinha de centeio);
  • massas de bolachas e biscoitos (com estas podem trabalhar também a motricidade fina e a coordenação, construindo formas e letras);
  • massas de bolo (como na foto, em que uma das massas é feita com beterraba e a outra é feita com espinafres).

Refeição pic nic ou no local do costume, onde tudo é comido à mão (cenoura, beterraba, tomate, pepino, ovos, frango, quiche… ou outras sugestões menos usuais, dependendo da receptividade dos participantes).

Sementeira ao ar livre após um dia de chuva.

Brincar num parque infantil ao ar livre (baloiço, parede de escalada, arborismo) ou dentro de portas (parques com transpolins, por exemplo).

Experimentar uma sessão de snoezelen.

Fazer provas gastronómicas: caseiras, em grupos ou num supermercado, para escolher o queijo que mais lhe agrada.

Fazer uma competição de bolas de sabão.

Receber uma massagem de uma pessoa próxima ou de um profissional.

Fazer um quiz de cheiros (alfazema, café, salsa, azeite, cebola – com as várias substâncias embrulhadas em panos de algodão, para evitar vendar a pessoa) e de sabores (diluir várias substâncias em água: sal, açúcar, limão e identificar os sabores).

Descer de uma duna a correr ou rebolar em cima de relva ou colchões.

Usar a beterraba para fazer pinturas com os dedos.

Mergulhar o corpo em água: no mar, na piscina ou no próprio duche.

Caso necessite de ajuda a realizar as ocupações que gostaria de realizar, contacte um Terapeuta Ocupacional.

Leave a Comment

Partilhe :)