Terapia Ocupacional ao Domicílio

A avaliação terapêutica e tratamento ao domicílio (seja a própria casa, residência de acolhimento ou até o local de trabalho) permitem ao terapeuta testemunhar as dificuldades sentidas no desempenho das actividades. Entrar e sair da cama, subir e descer escadas, rotinas de higiene e vestuário ou alimentação são apenas alguns exemplos. A observação directa pelo terapeuta ocupacional facilita o aconselhamento de terapias, adaptações ou equipamentos que lhe permitirão recuperar independência e aumentar a qualidade de vida.

Após uma cuidada avaliação do seu perfil ocupacional e dos objectivos que pretende atingir, o terapeuta ocupacional delineia uma estratégica terapêutica que é discutida com o paciente. Consoante os casos, as terapêuticas poderão variar entre diversos tipos de treinos, quer físicos quer cognitivos, que permitam desenvolver as capacidades necessárias. O terapeuta ocupacional procura capacitar e reabilitar através do recurso a actividades do agrado do paciente, com as quais o mesmo esteja familiarizado ou para as quais tenha particular apetência, nomeadamente jogos, trabalhos manuais, entre outros.

● Treino de actividades da vida diária

Manutenção das capacidades remanescentes e recuperação/estimulação de capacidades latentes para a realização de actividades da vida diária com vista a promover a independência/autonomia.

● Treino cognitivo

Estimulação dos componentes cognitivos, nomeadamente atenção, linguagem, raciocínio, concentração, memória, planeamento, organização, orientação no espaço e no tempo.

● Promoção de competências motoras

Estratégias para melhoria ou compensação de coordenação motora fina e global, equilíbrio, dominância lateral, amplitude do movimento, postura, força muscular e resistência ao esforço mantido.

● Promoção de competências sensoriais

Tacto, olfacto, paladar, visão, audição.

● Valorização das reminiscências e identidade pessoal

Valores e crenças pessoais, profissionais e familiares, preferências e aversões, factos.

● Promoção de competências de expressão emocional e afectiva

Desenvolvimento de actividades de lazer e produtivas de gosto pessoal (escrita, pintura, colagens ou outras técnicas).

Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades

O que é a Terapia Ocupacional?

Copyright 2012 - Eu Consigo. All Rights Reserved Em caso de litígio o foro competente será o Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa

scroll to top