Protecção Articular e Conservação de Energia

collage2

A utilização de boas práticas de protecção articular e conservação de energia ajuda a preservar a função das articulações, manter o seu alinhamento e, desse modo, evitar deformações cuja correcção, muitas vezes, passa pela cirurgia. A conservação de energia, por seu lado,  permite reter reservas úteis para se ir evitando o excesso de fadiga. Aprenda a usar estes princípios essenciais a uma vida mais saudável.

Formação sobre Protecção Articular e Conservação de Energia

• Protecção articular e conservação de energia – o que é e para que serve.

• Princípios

• Aplicações na gestão doméstica:

– Planeamento e organização

-Limpar, cozinhar, tratar da roupa

• Aplicações na prestação de cuidados:

– Transferências

– Forças

– Capacitação

– Produtos de apoio

Saiba mais sobre como proteger as articulações e conservar energia na gestão doméstica:

A dor e o desconforto articulares agravam-se com o avançar da idade e para muitos seniores não é raro deixar escapar um “ai” ao fazer um simples movimento associado a uma tarefa do dia-a-dia. Prolongar o bom funcionamento das articulações pode ser uma questão de mudar alguns maus hábitos em ocupações repetitivas, como as da lida da casa. Saiba como adaptar a forma como desempenha as suas tarefas domésticas, com vista a reduzir o esforço articular e conservar a sua energia.

– Planeie as tarefas com antecedência, distribuindo as que acarretam maior esforço pelos dias da semana, de modo a misturar tarefas que lhe proporcionam esforço com outras que lhe dão prazer e ainda períodos de descanso, no mesmo dia;

-Verifique se está a usar os equipamentos mais adequados ou se pode substituir alguns por outros mais leves ou ergonómicos (por exemplo uma pá de mão por outra de cabo alto);

– Consulte um catálogo de ajudas técnicas e descubra se há itens que podem facilitar o seu trabalho;

– Se a sua casa tem mais de um andar, duplique a quantidade de detergentes e acessórios como panos, guardando um conjunto em cada andar, de modo a evitar andar para cima e para baixo;

-Organize a casa de modo a simplificar as tarefas, guardando os objectos de acordo com os locais onde as desempenha;

-Verifique se tem objectos dos quais não precisa e que só estão a dificultar a limpeza. Livre-se do que está a mais;

– Ao lavar janelas ou paredes, trabalhe de cima para baixo, tirando partido da gravidade.

-Procure usar as pequenas articulações, como as dos dedos, o menos possível. Por exemplo, para espremer a esponja não use os dedos mas antes a palma da mão, pressionando-a de encontro a uma superfície;

– Pense em substituir tachos e panelas pesados por outros mais leves e antiaderentes;

– Para preparar alimentos, prefira os descascadores de pega larga ou as facas de cabo vertical às facas normais;

– Passe a ferro sentada, com a tábua à altura da cintura, verificando que não tem os ombros contraídos. Se preferir fazê-lo de pé, coloque no chão uma lista telefónica à sua frente e coloque um pé em cima desta. Vá alternando a posição dos pés.

O corpo humano é como uma máquina cuja durabilidade pode ser prolongada através do bom uso. As tarefas domésticas são um excelente exemplo de como a forma como desempenhamos as nossas ocupações pode influenciar a nossa saúde. Para mais conselhos sobre como proteger as suas articulações e conservar energia, consulte-nos.

Veja também:

Formações relacionadas – Transferências e Posicionamentos | Ergonomia e Postura | Formações à Medida

Artigos relacionados – Como se proteger enquanto passa a ferro | Devia fazer pausas mas não faz? Leia isto. | Cuidadores no Top 10 das lesões profissionais  |