Dicas para conseguir que uma pessoa com demência tome duche

file6501238521729Conseguir que uma pessoa com demência tome um duche ou banho é um dos problemas mais frequentes que os cuidadores têm de enfrentar. Aqui ficam 4 dicas muito úteis.

Este texto foi traduzido e adaptado a partir do texto publicado pela Alzheimer’s Reading Room, assinado por Bob DeMarco.

1. Acabe com o blá-blá

Esqueça as explicações palavrosas. Se uma pessoa com demência não se lembra de três palavras simples depois de um minuto ou dois, não vai compreender ou recordar uma longa explicação sobre por que razões deve ou precisa de tomar um duche.
Na altura certa, aproxime-se lentamente, capte a atenção da pessoa, sorria e espere até receber um sorriso de volta. Depois estenda a mão com a palma para cima e espere que ela a agarre.
Seja um guia, não um orador.
A minha mãe costumava perguntar, quando me pegava na mão, “Onde é que vamos?”. Eu costumava responder algo como “vamos divertir-nos”. Diga o que disser, certifique-se de que são menos de 5 palavras.
O objectivo desta primeira dica é pôr a pessoa em movimento e na direcção certa.

2. Casa de banho quentinha e confortável

Reparei que sempre que a minha mãe tirava a roupa dizia “tenho frio, estou gelada”. Eu não tinha frio, tinha calor. Tinha de ter a casa muito mais quente do que queria, mas adaptei-me.
Ligue o chuveiro e ajuste a temperatura até ficar mesmo boa para um duche.
Feche a porta da casa de banho para que esta aqueça.

3. Reforço Positivo

Enquanto conduz a pessoa para o duche, comece a usar o reforço positivo.
Eu costumava dizer “ agora vamos ao duche, depois comemos coisas boas (batatas fritas, gelado), e depois vamos sair para nos divertirmos”. A palavra divertimento era essencial.
Não se esqueça de usar sempre a primeira pessoa do plural. “Nós” vamos tomar duche.

4. Doentes com Alzheimer não gostam de água

De acordo com a minha experiência, a maioria dos doentes com Alzheimer não gostam de água. Acho que de alguma maneira têm medo dela.
No que toca ao duche, a água vem disparada de cima e acho que eles não conseguem vê-la. Por outras palavras, é invisível. Como se sentiria se algo invisível lhe batesse na cabeça de repente?
Certifique-se de que o doente vê a água a cair. Pegue-lhe na mão e coloque-a debaixo da água até se adaptar à temperatura. Depois, diga-lhe para se pôr debaixo da água, passe-lhe o gel de banho e a esponja. Nesta altura espera-se que a memória de longo prazo funcione e a pessoa consiga lavar-se. Deixe que a pessoa o faça sozinha sempre que possível, não a substitua a não ser que seja mesmo preciso.

 
Para além de estar a ser positivo para a pessoa ao seu cuidado, certifique-se de que para si este duche significa um objectivo alcançado e registe isso no seu cérebro. Missão cumprida.

Leave a Comment

Partilhe :)