Como dar mais qualidade de vida a um familiar sénior

Mudámos de ano e todos estamos a estrear as novas agendas. Porque não aproveitar para programar os afazeres tendo em conta as necessidades específicas das pessoas seniores ou com limitações? Se existem na sua família pessoas que precisam de cuidados especiais, antecipe desde já o que e como fazer para que tenham mais qualidade de vida .

idodo e feliz

Implemente rotinas saudáveis

Procure oportunidades de convívio intergeracional, e esforce-se por integrar os membros mais seniores da família em grupos que promovam a actividade física e cognitiva, recorrendo a iniciativas disponíveis na sua comunidade. Ginásios, associações e centros comunitários costumam providenciar este tipo de actividades.

Estabeleça um plano rotativo de cuidados

Se os membros da família com mais idade estão a ter dificuldade em realizar as actividades mais significativas de forma totalmente independente, é necessário dar-lhes uma ajuda. Para não sobrecarregar um único cuidador, pode aproveitar este início de ano para estabelecer um programa rotativo de cuidados, distribuindo pelos diversos membros da família as várias responsabilidades. Tenha em conta a disponibilidade de cada um e, de forma realista, procure que cada pessoa se comprometa a estar presente e a acompanhar a pessoa sénior nos momentos ou nas actividades em que ela mais precisar de apoio.

Contrate um serviço de apoio domiciliário

Caso a pessoa sénior necessite de apoio especializado, ou se a disponibilidade da família, vizinhos e amigos não for suficiente para garantir o apoio necessário, considere a hipótese de recorrer a um serviço de apoio domiciliário que não só proporcione o acompanhamento necessário mas ajude a desenvolver as competências que a pessoa sénior mais precisa de trabalhar, sejam elas físicas ou cognitivas. Lembre-se que há capacidades que podem ser reabilitadas e outras que podem, pelo menos, não piorar.

Faça uma revisão à casa

Aproveite o início do ano para ver que aspectos da casa podem ser revistos de forma a melhorar a segurança e qualidade de vida da pessoa sénior. Eliminar tapetes e reforçar a iluminação contribui para prevenir quedas. Arrumar os objectos que mais uso têm em locais de fácil acesso, para que a pessoa não se veja obrigada a subir a escadotes ou dobrar-se frequentemente. Colocar barras de apoio na casa de banho para facilitar a entrada e saída da banheira. Estes são apenas exemplos de melhoramentos simples. Um terapeuta ocupacional pode ajudá-lo a avaliar as necessidades reais de adaptação da casa de acordo com o perfil da pessoa sénior.

Sugira a utilização de produtos de apoio

Se há algo que a pessoa sénior não consegue fazer e gostaria de fazer, ajude-a a acreditar que é possível. Quando não se consegue recuperar a capacidade, pode-se, pelo menos, criar uma adaptação que permita que a pessoas faça o que quer, embora recorrendo a técnicas diferentes ou produtos que auxiliam o desempenho. É incrível como a vida das pessoas com limitações pode melhorar com a simples adopção de um produto de apoio, seja algo simples e barato como umas palmilhas, um engrossador de cabo para um utensílio, um calça-meias ou uma pinça de alcance, seja mais dispendioso, como um elevador de escadas.

Programe antecipadamente as celebrações

Se alguém precisa de dias diferentes e razões para celebrar são as pessoas que, devido à idade, ou por terem limitações físicas ou cognitivas, acabam por ter vidas demasiado rotineiras. Ajude as pessoas com mais idade a terem alguns dias diferentes durante o ano, planeando antecipadamente celebrações, de forma a ter tempo para visitá-las ou oferecer-lhes um pequeno mimo, seja um presente ou simplesmente companhia para um passeio ou um chá mais animado.

Algumas datas são prolíferas em eventos organizados pelas câmaras municipais ou IPSS locais, nomeadamente os centros comunitários. Procure integrar os membros seniores da família nestas iniciativas.

Eis alguns pretextos para celebrar:

24 de Janeiro – dia nacional do aposentado

8 de Março – dia internacional da mulher

19 de Março – dia do pai

3 de Maio – dia da mãe

15 de Maio – dia internacional da família

26 de Maio – dia europeu dos vizinhos

20 de Julho – dia do amigo

26 de Julho – dia nacional dos avós

1 de Outubro – dia internacional das pessoas idosas

20 de Dezembro – dia internacional da solidariedade humana

24/25 de Dezembro- Natal

31 de Dezembro – Passagem do ano

Aniversários e outras festas da família (casamentos, baptizados, aniversários de casamento, etc)

Férias

Ajude a recordar que ser sénior não significa ser infeliz

A partir de uma determinada idade, é natural que o sentimento de perda e solidão comece a instalar-se. Afinal, não é fácil ver familiares e amigos partirem, nem sentir que o nosso lugar na sociedade perde importância. Ajude a pessoa sénior a lembrar-se da importância que tem para a restante família, permitindo-lhe que participe, que tenha tarefas e responsabilidades dentro do que lhe for possível fazer. Mesmo as pessoas com graves limitações físicas e intelectuais podem contribuir com algum trabalho. Pense que tipo de tarefas podem ser atribuídas e discuta com a pessoa a disponibilidade para colaborar.

Precisa de ajuda para dar mais qualidade de vida a um familiar sénior? Contacte-nos e saiba como os nossos serviços de terapia ocupacional e psicologia podem ajudar.

Leave a Comment

Partilhe :)