Date: Setembro 8, 2016

Author: Eu Consigo

Tags: , , , ,

No Comments »

10 sinais de stress do cuidador

Cuidar de alguém com Alzheimer pode ser uma montanha russa emocional de amor, esperança, raiva, culpa, solidão e tristeza. É por isso importante estar atento a sinais de stress do cuidador que podem ser prejudiciais não só para a saúde do mesmo mas também para a pessoa que está a receber os cuidados.

Seleccionámos 10 sinais que podem indicar que está em stress:

1. Negação da doença e dos respectivos efeitos na pessoa com Alzheimer

2. Raiva para com a pessoa com Alzheimer ou com outras pessoas, raiva por não existir cura e raiva porque as pessoas não compreendem o que se passa;

3. Isolamento social dos seus amigos e de actividades que em tempos lhe davam gosto realizar;

4. Ansiedade por ter que enfrentar outro dia e por não saber o que reserva o futuro;

5. Depressão que começa a retirar-lhe as forças e afecta a sua capacidade de cuidar;

6. Exaustão que torna quase impossível de completar as tarefas fundamentais do dia-a-dia;

7. Insónias que resultam de uma lista sem fim de preocupações

8. Irritabilidade que leva à melancolia e desencadeia respostas e reacções negativas;

9. Falta de concentração que dificulta a realização de tarefas familiares

10. Problemas de saúde que começam a ter consequências significativas, tanto mental como fisicamente.

Quando é diagnosticado a um familiar a doença de Alzheimer, ou outra demência, são diversas as questões que surgem. A primeira poderá ser “Existe cura?”. Infelizmente (para já) não existe cura para as demências. No entanto, deve lembrar-se dos seguintes factores positivos:

– Graças à medicação é possível melhorar e estabilizar sintomas

– Numa fase precoce a moderada, as actividades de estimulação cognitiva permitem atrasar a evolução da doença.

– Existem estratégias que se podem adoptar aquando da prestação de cuidados que minimizam ou previnem problemas comportamentais

saiba mais aqui Promova a autonomia da pessoa com demência – dicas para a casa 10 dicas para comunicar com uma pessoa com demência 

– Existem serviços e recursos que podem ajudar neste período difícil da sua vida. Estes incluem a família, os amigos, grupos de suporte, apoio domiciliário, centros de dia, profissionais de saúde, entre outros. Fale connosco, nós podemos ajudar, saiba como – Terapia Ocupacional ao Domicílio e/ou Assistentes Pessoais.

– Quando os factores de stress se fazem sentir é tempo de pensar em si, a sua saúde e na da pessoa ao cuidado. Procure saber mais sobre a prestação de cuidados frequentando formações específicas para cuidadores.

A formação Cuidar bem, cuidando-se [Essencial] ensina os conhecimentos fundamentais para uma adequada prestação de cuidados, permitindo prevenir sintomas de stress e outros problemas de saúde do cuidador. O cuidador pode contar com formadores experientes e capazes de compreender a situação que está a vivenciar, ensinando-lhe as estratégias e boas práticas para lidar da melhor forma com todas as questões inerentes à prestação de cuidados.

Inscreva-se e saiba mais aqui: Cuidar bem, cuidando-se.


 

Texto traduzido e adaptado por Joana Emauz Madruga, a partir de: I’m caring for someone with Alzheimers.

Leave a Comment

Partilhe :)