Date: Janeiro 11, 2018

Author: Joana Emauz Madruga

Tags: ,

No Comments »

Como diminuir a dor e os desafios da Artrite Reumatóide – Abordagem da Terapia Ocupacional

De que forma pode um terapeuta ocupacional ajudar a pessoa com artrite reumatóide? Conheça os benefícios e em que momento deve solicitar ajuda.

O que é a Artrite Reumatóide?

A artrite reumatóide é uma doença crónica, inflamatória, auto-imune que se caracteriza pela inflamação das articulações e que pode conduzir à destruição do tecido articular e periarticular. Trata-se de uma doença crónica onde as pessoas frequentemente sentem dor e têm dificuldades em mobilizar as articulações, no entanto os sintomas podem ser variados.

Quando até as actividades mais simples como rodar uma chave ou usar uma faca, tornam-se difíceis e dolorosas saiba que um terapeuta ocupacional pode ajudar.

O terapeuta ocupacional é um especialista que ajuda as pessoas com artrite reumatóide a maximizar o seu desempenho de forma a realizar as actividades do dia-a-dia que deseja e necessita, promovendo a sua qualidade de vida.

Logo após o diagnóstico de artrite de reumatóide pode consultar um terapeuta ocupacional. Peça ao seu médico fisiatra para o encaminhar para a Terapia Ocupacional ou verifique as instituições e clínicas perto de si que tenham este serviço. Pode ainda optar por uma consulta domiciliária, onde o terapeuta desloca-se até sua casa e avalia as suas principais dificuldades actuais ou que poderão surgir no futuro. As consultas domiciliárias têm a vantagem de o terapeuta poder avaliar o ambiente onde você realiza as actividades do dia-a-dia e onde, provavelmente, surgem muitos dos desafios que tem que enfrentar.

Deseja marcar uma consulta ao domicílio?

Fale connosco

O que acontece na primeira consulta de Terapia Ocupacional?

Tipicamente, a primeira consulta serve para identificar as actividades e tarefas mais difíceis de realizar devido à presença de artrite reumatóide, sendo realizado uma avaliação das competências motoras.

O que se pretende saber é quais são as actividades da vida diária mais desafiantes sejam elas no trabalho, em casa, na rua ou noutro sítio qualquer, independentemente da complexidade das mesmas. Depois o terapeuta ocupacional irá elaborar um plano de intervenção de forma a dar resposta a essas dificuldades. O objectivo do terapeuta é ensinar à pessoa com artrite reumatoide as competências e estratégias necessárias para que esta possa ser autónoma tanto quanto possívelNesse plano de intervenção pode constar as seguintes abordagens:

  • – Treino de competências motoras para ajudar a promover a amplitude de movimento, flexibilidade e força.
  • – Estratégias de protecção articular durante a execução das tarefas diárias
  • – A prescrição, confecção e treino de produtos de apoio, como as órteses/talas que permitem aliviar a tensão nas articulações mais dolorosas, podendo ajudar também a evitar deformidades.
  • – Treino de desempenho nas actividades de vida diária e laborais para diminuição da dor e da tensão nas articulações.

Nunca é tarde de mais para pedir a ajuda a um terapeuta ocupacional. A artrite reumatoide é uma doença crónica que se vai alterando com o tempo o que significa que mesmo que tenha tido um acompanhamento no passado e que o ajudou a melhorar nessa altura, não significa que essa necessidade não surja novamente.

Gostaria de marcar uma consulta de Terapia Ocupacional?  – Fale connosco, vamos ter consigo.

Fontes:
Sociedade Portuguesa de Reumatologia
Occupational Therapy for Arthritis
Reab.me

Leave a Comment

Partilhe :)